Estudantes em greve exigem imediata implementação de cotas raciais e sociais na USP e realizam panfletagem em ato

Hoje, durante a II Marcha (inter) Nacional Contra o Genocídio do Povo Negro, estudantes da USP – que estão em greve há 87 dias – participarão levando a pauta da urgente necessidade de implementação de cotas raciais e sociais nas universidades públicas.

 panfleto_cotas_jpg

 Compreendemos que este é um ato fundamental para darmos um basta nas políticas repressivas e racistas do Estado e participaremos enquanto estudantes organizados levando a reivindicação de implementação imediata de COTAS RACIAIS e SOCIAIS na USP em um passo contra a elitização e privatização das Universidades Públicas.

Acesse o panfleto em PDF, leia e ajude a divulgar: panfleto_cotas_pdf